Notícias

28/01/2019 - Tecnologia

Banco Mundial ajuda produtores de MS a ficarem "de olho no futuro"


A emissão dos gases “estufa” que impulsionam o aquecimento global, processo que preocupa ambientalistas em todo o mundo, tem na atividade agropecuária agressiva um dos grandes vilões. A falta de consciência no manejo afeta o ciclo da natureza, prejudica a própria atividade agropecuária e põe em risco o já alarmante desafio de alimentar o mundo, uma demanda cada vez mais crescente em todo o planeta.

Essa realidade provocou o Banco Mundial, que sustenta projetos em países em desenvolvimento, a tentar mudar, ao menos em parte, esse cenário tão ameaçador. Isso porque oito estados brasileiros que abrigam o segundo maior bioma do país, o Cerrado, são contemplados pelo Projeto ABC Cerrado, que promove práticas de agricultura com baixa emissão de carbono.

Um dos estados e também um dos destaques é Mato Grosso do Sul, que já recebeu cerca de R$ 1 milhão do total de US$ 10,6 milhões do FIP, sigla em inglês para o Programa de Investimentos em Florestas, do Banco Mundial. Financiado pelo Banco, o projeto tem parceria do Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento), da Embrapa (Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária) e do Senar (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural).

Por Izabela Sanchez
Fonte: Campo Grande News - veja reportagem completa: http://tempuri.org/tempuri.html





Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.