Notícias

07/06/2018 - Soja

Bahia quebra recorde histórico de produtividade de soja e supera MT


Cada dia mais consolidado como um grande estado produtor de soja do país, a Bahia começa a apresentar números que muda o seu patamar no setor. Na safra 2017/2018 o estado colheu uma média de 56 sacas por hectare, segundo levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Até então, o maior volume produzido na história foi registrado na temporada anterior, com 54 sacas por hectare. Mato Grosso que também bateu seu recorde pessoal de produtividade, colheu 55,8 sacas por hectare na média.

O bom desempenho obtido pelo estado pode ser exemplificado pelo aumento da produção registrado no principal município produtor de soja do estado: Luís Eduardo Magalhães, no oeste da Bahia.

Segundo o presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Celestino Zanella, a produtividade média obtida na safra 2017/2018 surpreendeu positivamente. “Esperávamos colher em torno de 62 sacas de 60 quilos por hectare de soja, mas o resultado final apontou um rendimento superior a 65 sacas por hectare”, diz.

O executivo comenta que o excelente resultado a ser comemorado é fruto não apenas do clima favorável, pelo fato de ter chovido na hora certa, mas do bom trabalho realizado pelos produtores na correta adequação do solo. “O produtor, nos últimos anos, tem procurado fazer um preparo adequado do solo, com uma boa adubação, escolha de sementes de melhor qualidade, melhorando a eficiência na produção”, afirma Zanella

Para o presidente da entidade o produtor deve agora estar atento quanto às melhores estratégias de comercialização da oleaginosa. “O dólar em alta é bom para quem não possui dívidas atreladas à essa moeda. Para quem está com dívidas em dólar a melhor opção no momento é tentar negociar a safra para equacionar a dívida. Acredito que uma boa estratégia no momento é especular no mercado somente com as sobras que tiver, para não correr maiores riscos”, resume.

Zanella acredita que a soja ainda tem um potencial enorme pela frente na região e pode crescer em área na próxima safra. “Assim como ocorreu com o algodão, há um espaço para crescer em área, que hoje ocupa ao redor de 1,6 milhão de hectares. Isso passa não apenas pelo bom momento da soja, mas também pela irrigação, visto que a área irrigada hoje não chega a 3% da área total de oleaginosa”, finaliza.

Mato Grosso

O estado do Centro-Oeste também registrou recorde de produtividade nessa temporada e colheu 55,8 sacas por hectare na média. O melhor desempenho até então, a exemplo da Bahia, aconteceu na safra 2016/2017, no qual o clima foi extremamente favorável.

Segundo a Conab o estado deve colher mais de 31 milhões de toneladas, 4,5% maior que a safra passada.


Por Daniel Popov
Fonte: Projeto Soja Brasil




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.