Notícias

14/05/2020 - Pecuária

Arroba do boi gordo se mantém estável em meio a fraca demanda


O mercado físico do boi gordo continuou com preços estáveis ontem (13/5), de acordo com a consultoria Safras. O analista Fernando Henrique Iglesias afirma que a demanda doméstica de carne bovina segue enfraquecida, com as estratégias de isolamento social fechando grande parte dos restaurantes, além da rede hoteleira e outros estabelecimentos, o que provocou grandes alterações nos hábitos de consumo.

“O consumidor médio segue optando por cortes mais acessíveis, a exemplo dos cortes do dianteiro bovino, carne de frango e ovos. Além disso, a expectativa é que o clima frio e seco leve a uma situação de aumento da oferta, dada a menor capacidade de retenção por parte dos pecuaristas”, diz.

Na capital de São Paulo os preços do mercado à vista ficaram em R$ 194 a arroba. Em Uberaba (MG), permaneceram em R$ 184 a arroba. Em Dourados (MS), ficaram em R$ 176 a arroba. Em Goiânia (GO), o preço indicado foi de R$ 180 a arroba. Já em Cuiabá (MT), ficou em R$ 172 a arroba.

Atacado
No mercado atacadista, os preços da carne bovina ficaram estáveis. Conforme Iglesias, com o consumo doméstico estagnado, os frigoríficos continuam encontrando um bom ponto de sustentação nas vendas para o mercado chinês.

O corte traseiro teve preço de R$ 13,35 o quilo. A ponta de agulha ficou em R$ 10,70 o quilo. Já o corte dianteiro seguiu em R$ 11,30 o quilo.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.