Notícias

14/04/2020 - Pecuária

Arroba do boi gordo começa semana com queda de até R$ 5


A arroba do boi gordo começou a semana bastante pressionada, de acordo com a consultoria Safras & Mercado. O analista Fernando Henrique Iglesias afirma que os frigoríficos seguem observando o fraco desempenho das vendas de carne bovina no varejo em meio ao isolamento social.

“Os padrões de consumo mudaram significativamente devido ao fechamento de restaurantes, hotéis e outros estabelecimentos, desacelerando principalmente o escoamento dos cortes mais nobres. Enquanto isso, o brasileiro médio tem optado por cortes congelados de frango, embutidos e ovos, proteínas que tradicionalmente causam um menor impacto na renda”, diz.

Já no campo, o avanço do outono reduz a capacidade de retenção do pecuarista, pois com o clima mais seco e mais frio há um maior desgaste das pastagens, elevando a necessidade de comercialização das boiadas.

Na capital de São Paulo, os preços do mercado à vista caíram de R$ 196 para R$ 195. Em Uberaba (MG), passaram de R$ 187,00 para R$ 185 a arroba. Em Dourados (MS), recuaram de R$ 182/R$ 183 para R$ 179/R$ 180. Em Goiânia (GO), as cotações caíram de R$ 185 para R$ 180. Já em Cuiabá (MT), recuaram de R$ 171 para R$ 170.

Atacado
“Os preços da carne bovina ficaram estáveis, mas o viés permanece negativo devido à queda no consumo, principalmente dos cortes mais caros”, afirma o analista. Assim, o corte traseiro teve preço de R$ 13,50 o quilo. A ponta de agulha ficou em R$ 10,70 o quilo. Já o corte dianteiro permaneceu em R$ 11,35 o quilo.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.