Notícias

18/02/2019 - Soja

Áreas de lavoura da região Oeste de MT deverão ser multiplicadas em alguns anos


Local mais promissor para o agronegócio de Mato Grosso, a região Oeste deverá multiplicar em até quatro vezes o tamanho da área de plantio de soja nos próximos cinco anos.

A estimativa, feita pelo presidente do Sindicato Rural de Pontes e Lacerda, Nilmar Miotto, tem por base o avanço da integração pecuária-lavoura, bem sucedida, com base no número de empresas já instaladas. Entre os dias 16 e 18 de maio, um novo passo será dado neste sentido, tendo como vitrine a realização da Oeste Rural Show. 

Entre os motivos para a expansão, que fará com que haja o salto de 100 mil hectares para até 400 mil em área plantada de soja em um espaço tão curto de tempo passa pelo valor das propriedades. “As terras aqui ainda são baratas, estão com um valor atraente para quem quer investir. Então, não há a menor dúvida de que logo teremos um grande aumento no número de propriedades que contarão com a cultura dos grãos. Esta é uma previsão bem realista”, explica o presidente do sindicato rural. 

Conforme Miotto, a região, líder na produção de leite, viu aumentar e muito o número de empresas do agronegócio instaladas, o que reforça o conceito de que a parte oeste de Mato Grosso é a mais nova fronteira do agronegócio. “Ainda há uma demanda grande por terras, por área para lavouras, e isso vai se intensificar, sem dúvida, ao longo dos próximos anos, o que é uma boa notícia para a região, para o Vale do Guaporé e para Pontes e Lacerda”. 

Para assegurar uma melhor integração pecuária-lavoura, o Sindicato Rural de Pontes e Lacerda realiza entre os dias 16 e 18 de maio a primeira edição da Oeste Rural Show, feira de negócios e tecnologia que pretende levar conhecimento e inovações do agronegócio para a região Oeste. A intenção, de acordo com Miotto, é a de alavancar a região. 

“Sabemos que a nossa região é muito focada, que os produtores são muito bons no que fazem e a tendência é termos uma quantidade ainda maior de produtos e área plantada. A feira terá justamente este papel, de trazer gente de fora, novas empresas”, afirma o presidente do Sindicato Rural de Pontes e Lacerda. 

Entre os temas a serem abordados estão perspectivas econômicas do agronegócio, integração lavoura pecuária e políticas públicas voltadas ao desenvolvimento da região. O evento irá reunir produtores rurais, profissionais e acadêmicos do segmento para proporcionar um espaço para intercâmbio de ideias e experiências sobre os assuntos que afetam o mercado agrícola e pecuário.

Fonte: O Bom da notícia - 




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.