Notícias

15/08/2018 - Soja

Alternativa rápida ao glifosato será mais cara e não tão efetiva, diz Embrapa


A decisão de suspender o uso e comercialização de agroquímicos à base de glifosato pode trazer uma grande dor de cabeça ao agronegócio brasileiro. Segundo o pesquisador da Embrapa Soja Fernando Adegas, como a nova safra está próxima de ser plantada, em meados de setembro, uma alternativa às pressas não seria tão efetiva e certamente custará mais caro. Por sua vez, produtores de soja de Mato Grosso já compraram os herbicidas à base do princípio ativo que será proibido e, alguns, fizeram até estoque para garantir uso no futuro.

A proximidade do plantio da soja é o momento em que a Embrapa sugere aos produtores o maior cuidado com as plantas daninhas. O indicado é que a dessecação seja realizada com mais de 40 dias antes do início da semeadura, para que as invasoras sejam controladas e os herbicidas não afetem o plantio da soja.

“Algumas regiões sofreram com a seca, outras com excesso de chuvas e frio, enfim, o clima não está colaborando tanto assim para a nova safra e é importante não depender de mais uma variável para perder produtividade”, afirma Adegas durante o programa Mercado & Companhia.

Os principais herbicidas usados na dessecação são conhecidos por terem ação total, sendo o principal deles o glifosato. “Mas com essa situação recente da proibição tanto nós pesquisadores, quanto os produtores estão apreensivos quanto o futuro da safra”, ressalta.

Para Adegas, proibir neste momento o glifosato implicará na busca rápida por outras soluções, sendo que dificilmente aparecerá um único produto para resolver o problema “Provavelmente a solução será um sistema complexo de produtos, que não será tão efetivo e ainda será mais caro”, diz o pesquisador da Embrapa.

Por Daniel Popov e Francielle Bertolacini
Fonte: Projeto Soja Brasil - Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.